->
CIDADES
INTERNACIONAL
quinta-feira, 8 de dezembro de 2016
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Exercício físico melhora a qualidade dos espermatozoides


Não é novidade que praticar exercícios físicos regularmente faz bem para a saúde. Agora, um novo estudo traz outro incentivo para os homens se exercitarem: a prática moderada de atividade física aumenta a contagem e melhora a qualidade dos espermatozoides.
De acordo com o estudo, publicado recentemente na revista científica britânica Reproduction, homens que começaram a correr regularmente apresentaram um aumento no número de espermatozoides saudáveis. O crescimento foi temporário e começou a diminuir dentro de um mês, quando o participantes pararam de correr.

Estudo

No experimento, pesquisadores da Universidade de Úrmia, no Irã, dividiram 261 homens saudáveis, sem problemas de fertilidade e sedentários, em quatro grupos: sem exercício (controle), três treinos por semana de treinamento de alta intensidade, três sessões semanais de exercício moderado, três sessões por semana de exercício intenso. O programa teve duração total de 24 semanas. 
Os resultados mostraram que os integrantes dos três grupos que praticaram exercício perderam peso e apresentaram melhorias nos testes de esperma, em comparação com aqueles que se mantiveram sedentários. Mas, a prática de atividade física moderada (30 minutos na esteira) foi a que trouxe mais benefícios para o sistema reprodutivo masculino.
“Nossos resultados mostram que fazer exercício pode ser uma estratégia simples, barata e eficaz para melhorar a qualidade do esperma de homens sedentários. É importante reconhecer, no entanto, que a razão pela qual alguns homens não podem ter filhos não está relacionada apenas a sua contagem de espermatozoides. Problemas de infertilidade masculina podem ser complexos. Mudar de estilo de vida pode não resolver esses casos facilmente.”, disse Behzad Hajizadeh Maleki, líder do estudo.
Embora esse estudo não comprove uma relação de causa e consequência entre atividade física e aumento de fertilidade nos homens, os pesquisadores acreditam que pelo menos parte do resultado pode ser atribuído à redução de peso dos participantes. Estudos realizados anteriormente mostraram que a obesidade pode diminuir a fertilidade masculina. Um terço dos integrantes de cada grupo estava acima do peso e todos os homens que realizaram exercícios apresentaram redução da gordura corporal.

Equilíbrio

Entretanto, é preciso ter cautela e equilíbrio, uma vez que exercício em excesso também pode ter um efeito contrário e prejudicar a produção de esperma. Estudos anteriores já relacionaram a prática de esportes competitivos, como ciclismo, com a diminuição da qualidade do espermatozoide.
“Temos muito pouco conhecimento sobre como o exercício físico pode afetar a fertilidade masculina e a qualidade do espermatozoide, mas essa é uma pergunta feita com frequência pelos homens que desejam aumentar suas chances de ter um filho”, disse Allan Pacey, professor de Andrologia na Universidade de Sheffield, no Reino Unido, e porta-voz da British Fertility Society, à rede britânica BBC.
O que não está claro ainda é se esse estímulo também aumenta a fertilidade. Esse é o próximo passo dos pesquisadores. Eles irão analisar em laboratório se as mudanças induzidas pelo exercício afetam também o potencial do espermatozoide fertilizar o óvulo.
quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

SUPERMERCADO PANTANAL

http://picasion.com/

RioverdeRV

LOJA QUEIMA TOTAL


http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO



http://picasion.com/

SUPERMERCADO PONTO CERTO

http://picasion.com/

MERCEARIA NOVA CANAÃ

http://www.rioverdems.com/

LOJA TÔ NA MODA

http://picasion.com/

MERCEARIA TUNTUN

http://picasion.com/