->
CIDADES
INTERNACIONAL
domingo, 25 de dezembro de 2016
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Homens ligados à célula religiosa são suspeitos de estupro


Crianças e adolescentes em Coxim podem ter sido estupradas por líder religioso e discípulo. O número de vítimas que a Polícia Civil tem até agora é cinco. Os dois homens foram presos na sexta-feira (23) depois de expedição de mandado de prisão temporária.
A Delegacia de Atendimento a Mulher (DAM) e a 1ª Delegacia de Polícia Civil conduzem a investigação sobre o caso. O discípulo foi preso no bairro Vila Bela, em Coxim, enquanto o líder estava em São Borja (RS).
A primeira denúncia aconteceu na segunda-feira (19), divulgou o site Edição MS. A delegada Sandra Regina Simão de Brito, que conduz o inquérito, foi informada por uma mulher que seus quatro filhos, um adolescente de 18 anos, uma menina de 5 anos e dois meninos, de 3 e 1 ano, tinham relatado o estupro.
Os suspeitos moraram na casa dessa mãe por um período, depois de pedirem abrigo. A mulher explicou que aceitou o pedido porque eles eram da igreja que ela frequenta. 
Quem primeiro comentou sobre os abusos foi o jovem de 18 anos. Na madrugada do domingo (18), ele disse à mãe que não aguentava mais apanhar dos dois. Os crimes teriam durado ao menos três anos, antes de a dupla mudar-se para a casa da família.
O Edição MS informou que exame de corpo de delito feito nos jovens comprovou que os quatro irmãos foram abusados sexualmente.
Durante a apuração, outra mãe conversou com a delegada para relatar que seu filho adolescente de 15 anos também denunciou a prática de atos obscenos que os dois o obrigaram a praticar.
PURIFICAÇÃO
A delegada a frente das investigações relatou que os suspeitos diziam às vítimas que para purificá-las precisam participar de atos sexuais. Enquanto isso, afirmavam se contassem aos pais o que tinha acontecido elas sofreriam maldições, como acidentes.
O discípulo prestou depoimento ontem na 1ª DP e está detido no Estabelecimento Penal Masculino de Coxim. O líder ainda estaria no Rio Grande do Sul.
Os policiais civis procuram possíveis outras vítimas. Sandra Regina Simão de Brito pediu que mães que tenham alguma suspeita procurem a Polícia Civil para prestar informações.

domingo, 25 de dezembro de 2016

SUPERMERCADO PANTANAL

http://picasion.com/

RioverdeRV

LOJA QUEIMA TOTAL


http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO



http://picasion.com/

SUPERMERCADO PONTO CERTO

http://picasion.com/

MERCEARIA NOVA CANAÃ

http://www.rioverdems.com/

LOJA TÔ NA MODA

http://picasion.com/

MERCEARIA TUNTUN

http://picasion.com/