->
CIDADES
INTERNACIONAL
sábado, 5 de novembro de 2016
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Rio Verde realiza Semana de Valorização da Cultura Pantaneira.


Rio Verde de Mato Grosso, novamente será a capital do pantaneiro, de 06 a 13 de novembro de 2016, com variedades de atrações, na valorização da cultura Pantaneira.  A Semana de Valorização da Cultura Pantaneira, tem por objetivo, resgatar e valorizar  os costumes, as danças, a culinária do homem pantaneiro.
A Semana da Valorização da Cultura Pantaneira, tem início neste  domingo, 06/11, com  a 1ª Cavalgada do Bem, saindo do retiro Orytê, até a Praça das Américas, onde às 10:30 será a abertura Oficial da Semana da Valorização da Cultura Pantaneira com homenagens  e às 12h será servido um delicioso Churrasco Promovido pela Comunidade Kolping - Local Salão Igreja N.S.A.
A Semana da Valorização da Cultura Pantaneira é  uma iniciativa da prefeitura municipal de Rio Verde de Mato Grosso, por intermédio da assessoria  Municipal de Cultura, com apoio do Fundo municipal de Cultura, Sindicato Rural,  Sectei,  Secretaria de Assistência Social, Comunidade Kolping Frei Tomas, Acerv, e Governo do estado através da Fundação de Cultura, Fundesporte e Sectei.   
O movimento de valorização da cultura Pantaneira, já vem sendo trabalhado na prática através de ações integradas envolvendo escolas nas suas diversas atividades culturais, projetos sociais, comunidade e setores culturais.
Foto: Victor Currales

Desde 2013 a Prefeitura realiza em parceria com a Comunidade Kolping, Ponto de Cultura CTP a “Semana da Valorização da Cultura Pantaneira”, com várias atividades culturais, gastronômica, exposições que buscaram valorizar e evidenciar a riqueza cultural presente no território e no homem pantaneiro.
Serão 7 dias de extensa programação que vão dos cantos pantaneiros, experimentação da gastronomia pantaneira, exposição, palestras, oficina culinária, cabeça de boi assada,  Roda de tereré, e inúmeras apresentações culturais.
O prefeito Municipal Mario Kruger, destacou o trabalho de buscar sempre parceiros através instituições importantes, mas principalmente o apoio do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul. A Semana da Valorização da Cultura Pantaneira continuará sua programação até o dia 13 de novembro e contará com grandes apresentações culturais.
“Estamos no  quarto  ano consecutivo nesta festa que busca acima de tudo a valorizar não só o homem pantaneiro mas também a mulher e a todos os parceiros que se envolvem na realização desta festa que já é um dos grandes eventos do estado”, afirmou o prefeito Mário Kruger.  O sistema Municipal de Cultura do município, vislumbra a necessidade do fortalecimento das raízes culturais que cercam a grande maioria da população nativa da região e por outro lado desenvolver o potencial turístico, com essa potencialização a Semana de Valorização da Cultura Pantaneira, através de atividades despertam em todos, o sentimento de pertencimento a esta cultura, proporcionando atividades de entretenimento, entre elas shows com grandes representantes da cultura pantaneira.
O Homem Pantaneiro
O dia-a-dia no Pantanal não é tarefa fácil, apesar da imagem de paraíso. É difícil adaptar-se ao pulso anual de inundação e ao isolamento promovido pelas águas.
Os pantaneiros são conhecedores de plantas medicinais e das condições do clima. O vaqueiro pantaneiro guarda consigo conhecimentos de toda dinâmica do Pantanal, aprendizado necessário àqueles que precisam conduzir o gado pelas vazantes para escapar das enchentes, pois formam-se até hoje grandes comitivas de gado que atravessam os pantanais.
Muitos peões pantaneiros são descendentes de paraguaios que migraram procurando trabalho após a guerra do Paraguai. Entre suas habilidades estão a doma do cavalo e a confecção de artefatos de couro.
Os piscosos rios proporcionaram uma cultura de pesca em toda a região. O pescador pantaneiro, pela observação do ambiente, tornou-se conhecedor do comportamento dos peixes; sabe em quais partes do rio a fauna aquática costuma se abrigar e pela observação do nível das águas reconhece se vai dar peixe.
O tereré, mate gelado, é costume dos Guaranis e símbolo de toda a região. Amigos se encontram nas rodas de tereré para prosear e se refrescar. Já é um hábito incorporado à grande parte da população urbana de Rio Verde. O chimarrão, mate quente, é apreciado e chegou ao Pantanal com os gaúchos.
Na música, existem registros de ritmos únicos da região, como o siriri e o cururu, sons tirados da viola-de-cocho – instrumento rústico, feito do tronco de árvores e que antigamente tinha cordas de tripa de bugio. É grande a influência dos ritmos paraguaios, como a guarânia, a polca e o rasqueado, disseminados no Mato Grosso. Bailes com esses ritmos, associados ao vanerão e ao xote dos gaúchos, são frequentes nos municípios do Pantanal. Também foram criados muitos Clubes de Laço e feiras agropecuárias.
A lida com o gado bovino, introduzido na região há mais de duzentos anos, é a principal atividade econômica do Pantanal, facilitada pelas vastas pastagens naturais e pela água levemente salgada, ideal para estes animais.
Esta atividade marcou profundamente a paisagem, os costumes e a alma do homem pantaneiro, dando origem a uma riquíssima cultura regional, mestiça da portuguesa, da indígena e da paraguaia.
São comuns na região as competições de laço, as rodas de tereré e as comitivas de gado, em que peões conduzem boiadas de milhares de cabeças pelo Pantanal, tendo no cavalo uma extensão do corpo.
Ao som das violas regionais, histórias da onça ou de assombrações alegram as noites em volta da fogueira, fartas em churrasco de gado ou de peixes da água doce.

Semana da Valorização Pantaneira 2016.
Programação:                 
06 à 13 de Novembro                   
06 de novembro - Domingo      
07h -  1º Cavalgada do Bem - Saída Retiro Oroyte                           
10:30 Abertura Oficial Semana da Valorização da Cultura Pantaneira com homenagens                              
12h   Churrasco Promovido pela Comunidade Kolping - Local Salão Igreja N.S.A.                             
                              
07 de novembro         Segunda-feira      
09:30  Apresentação do Ponto de Cultura CTP - Banco do Brasil                              
10:30 Apresentação do Ponto de Cultura CTP - Mercado Econômico                    
14h à 16:30 Apresentação da Escola de Música Som do Pantanal - Comércio                     
                              
08 de novembro              Terça - Feira     
08h Apresentação Ponto de Cultura CTP - Escola T.B.R.                               
09:30 Apresentação da Ponto de Cultura CTP - Banco HSBC                      
09:30 Apresentação da Escola de Música Som do Pantanal - Banco Bradesco                    
07:30 às 10:30  Música com Roda de Tereré nas Escolas                               
14h às 16h Apresentação da  Escola Som do Pantanal com Roda Tereré nas Escolas                      
19:30   Culto Pantaneiro - Igreja Batista Céu Azul                            
                              
09 de novembro              Quarta- Feira   
07:30 as 10:30 Apresentação da Escola de Música Som do Pantanal com Roda Tereré nas Escolas                          
Ponto de Cultura CTP na Rota do Desenvolvimento, Painel A Cadeia Produtiva da Música - Campo Grande                      
17h  Dança de Catira Instituto Mirim, Roda de Viola e Brinquedos - Feira Produtor                        
18:30 às 21:30 - Oficina de Culinária/Caldo de Piranha - Comunidade Kolping                    
                              

10 de novembro              Quinta-Feira    
08h às 10h   Apresentação do CEI Menino Jesus -  Poemas Manoel  de Barros                 
14:30 às 16h   Apresentação do CEI Menino Jesus -  Poemas Manoel de Barros                               
19h   Apresentação do Ponto de Cultura CTP na Comunidade Kolping                  
19: 30   Jantar Tradicional Cabeça de Boi Assada na Comunidade Kolping                            
                              
11 de novembro              Sexta-Feira       
08h às 10h   Apresentação do CEI Menino Jesus -  Poemas Manoel de Barros                  
11h Apresentação do Ponto de Cultura CTP - Restaurante Garça Branca                            
17h Fim de Tarde Pantaneiro - Praça das Américas                        
                              
12 de novembro              Sábado
19h Praça das Américas -Apresentação de Dança, Música, Praça de Alimentação, Artesanato                 
Brinquedos                       
Show Baile Pantaneiro                
                              
13 de novembro              Domingo            
12h   Almoço - Pousada Paraíso - Atividades esportivas e Lazer               
                              
                              
APRESENTAÇÕES CULTURAIS 12/11                      
TBR - APRESENTAÇÃO AJA                        
VERGELINO - CENTENARIO MANOEL DE BARROS                           









sábado, 5 de novembro de 2016

SUPERMERCADO PANTANAL

http://picasion.com/

RioverdeRV

LOJA QUEIMA TOTAL


http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO



http://picasion.com/

SUPERMERCADO PONTO CERTO

http://picasion.com/

MERCEARIA NOVA CANAÃ

http://www.rioverdems.com/

LOJA TÔ NA MODA

http://picasion.com/

MERCEARIA TUNTUN

http://picasion.com/