->
CIDADES
INTERNACIONAL
quarta-feira, 7 de setembro de 2016
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Neymar decide, e Brasil derrota a Colômbia


Contra os adversários que lhe trazem as piores memórias de sua carreira, Neymar saiu vencedor nesta terça (6).
O meia-atacante do Barcelona marcou o gol decisivo da vitória por 2 a 1 sobre a Colômbia na Arena Amazônia, pelas eliminatórias da Copa da Rússia de 2018.
Chegou a 48 com a camisa da seleção brasileira, empatando com Zico na quarta colocação histórica, atrás somente de Pelé (77), Ronaldo (62) e Romário (55).
Com a vitória, o Brasil chegou à segunda colocação, com 15 pontos, atrás somente do Uruguai, que tem 16 –mas poderia ser ultrapassado pelo Equador, que tinha 13 e enfrentaria o Peru após o fechamento desta edição.
"O campeão voltou" era cantado por quase 40 mil pessoas na arena assim que os jogadores da seleção pisaram no gramado, impulsionados baterias de escolas de samba.
Os jogadores da seleção voltaram a mostrar consistência tática e controle de jogo e foram muito saudados pelos torcedores após o apito final, marcando o novo momento de aproximação entre a torcida e o grupo. Do jogo, ficou apenas como ressalva a necessidade de mais controle emocional do time em momentos de adversidade.
Como contra o Equador, durante boa parte do jogo, os jogadores movimentaram-se continuamente e trocaram passes com precisão, avançando ao ataque ainda lentamente, mas com erros apenas pontuais. O mantra da compactação, da transição ofensiva pelas laterais e das triangulações, professado por Tite, esteve bem configurado.
No início do jogo, a seleção deu pinta de que repetiria a qualidade da atuação e o placar elástico que teve contra o Equador na quinta (1º). O lance do gol logo no primeiro minuto de partida teve a assinatura do trabalho de Tite.
Jogando na posição em que atua no Barcelona, no lado esquerdo do ataque, Neymar tentou driblar o marcador e conseguiu um escanteio.
A jogada do gol foi repetição de situação ensaiada exaustivamente nos seis treinos que Tite deu, três em Quito, três em Manaus: Neymar cobrou o escanteio, o zagueiro Miranda se adiantou aos marcadores e abriu o placar.
Envolvida pelos passes, a Colômbia não conseguia nem se aproximar da área brasileira quando, aos 35 minutos, achou um atalho. Em cobrança de falta, James Rodríguez lançou e Marquinhos desviou de cabeça empatando a partida com um gol contra.
O empate teve efeito psicológico claro, e os brasileiros se desorganizaram. Caçado em campo (foram cinco faltas no jogo), Neymar foi quem mais deu mostras de ter se abalado. O meia-atacante do Barcelona passou a insistir em jogadas individuais pouco promissoras e, em uma delas, ao perder o domínio da bola, fez dura falta em Murillo e levou o cartão amarelo.
Ainda que continuasse a se defender bem, o Brasil não conseguia criar chances reais de gol. E, então, o talento individual fez a diferença. Philippe Coutinho, pedido em coro pelas arquibancadas, entrou no lugar de Willian. Ele recebeu a bola de Giuliano e encontrou Neymar livre na esquerda, que chutou cruzado e deu a vitória ao Brasil.
quarta-feira, 7 de setembro de 2016

SUPERMERCADO PANTANAL

http://picasion.com/

RioverdeRV

LOJA QUEIMA TOTAL


http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO



http://picasion.com/

SUPERMERCADO PONTO CERTO

http://picasion.com/

MERCEARIA NOVA CANAÃ

http://www.rioverdems.com/

LOJA TÔ NA MODA

http://picasion.com/

MERCEARIA TUNTUN

http://picasion.com/