->
CIDADES
INTERNACIONAL
quinta-feira, 7 de julho de 2016
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Investigados em operação tinham avião avaliado em R$ 3 milhões


A Polícia Federal de Mato Grosso do Sul conseguiu rastrear e apreender avião que pertencia a grupo criminoso investigado na Operação Lama Asfáltica e negociado recentemente. A aeronave, no mercado, está avaliado em US$ 1 milhão, ou mais de R$ 3,3 milhões.
O modelo, Piper Aircraft PA-31T1 tem dois motores turboélice, acomoda seis passageiros e foi negociado em 6 de junho deste ano. Esse tipo de aeronave também é usada como UTI aérea.
Durante a investigação, foi identificado que este avião estaria guardado em Rondonópolis (MT). Ao cumprir o mandado de apreensão, os agentes descobriram que o equipamento estava em voo e pousaria em Maringá (PR).
Foi montada operação de última hora para conseguir apreender o modelo quando aterrissou na cidade paranaense.
O avião seria do empreiteiro João Alberto Krampe Amorim dos Santos, mas estava registrado em nome de uma empresa dele. Na recente negociação, ela foi repassada para outra pessoa e o pagamento teria sido feito com cheques e com uma outra aeronave de menor valor.
Além dos dois mandados de busca e apreensão, a PF tinha três mandados de prisão preventiva para serem cumpridos. Entre os detidos estão o ex-deputado federal Edson Giroto, o cunhado dele, Flavio Scrocchio, e João Amorim. Os dois primeiros foram presos e estão no Presídio de Trânsito, em Campo Grande.
A defesa do empreiteiro informou que ele não estava na cidade e se apresentaria na Superintendência da PF de Campo Grande até amanhã (8).
AVIÕES DE LAMA
De acordo com a Polícia Federal, a operação "Aviões de Lama - terceira fase da Lama Asfáltica" decorre da análise da documentação apreendida na segunda fase, denominada ''Fazendas de Lama''.
Trata-se da alienação de aeronave no valor de R$ 2 milhões. A investigação revela que o grupo optou por se desfazer do patrimônio para fazer a divisão do produto da venda em valores menores.
No caso, mediante a entrega de outra aeronave de R$ 350 mil, além de quatro cheques que foram destinados a quatro pessoas, operando assim, o fracionamento do patrimônio com o objetivo de dificultar o rastreamento do dinheiro obtido com a venda do avião.

A organização criminosa especializada em desviar recursos públicos, inclusive federais, atua no ramo de pavimentação de rodovias, construções, prestação de serviços nas áreas de informática e gráficas. Os contratos sob investigação envolvem mais de R$ 2 bilhões.
*Colaborou Natália Yahn.
quinta-feira, 7 de julho de 2016

SUPERMERCADO PANTANAL

http://picasion.com/

RioverdeRV

LOJA QUEIMA TOTAL


http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO



http://picasion.com/

SUPERMERCADO PONTO CERTO

http://picasion.com/

MERCEARIA NOVA CANAÃ

http://www.rioverdems.com/

LOJA TÔ NA MODA

http://picasion.com/

MERCEARIA TUNTUN

http://picasion.com/