CIDADES
INTERNACIONAL
quarta-feira, 29 de setembro de 2021
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Sargento do Exército é preso por cometer oito crimes em poucos minutos em Coxim

 


Em poucos minutos um sargento do Exército cometeu oito crimes e acabou sendo preso e encaminhado para o 47° Batalhão de Infantaria, em Coxim. Os fatos consecutivos aconteceram na noite desta terça-feira (28).

Por volta das 20 horas Fábio Moura, de 37 anos, agrediu verbalmente e fisicamente a namorada. A jovem estava na casa dele quando informou que queria colocar um ponto final na relação.

O sargento se irritou e começou a xingar a namorada de p* e v**, tendo em seguida a segurado pelo pescoço e braço. A jovem conseguiu se soltar e foi para a delegacia, onde registrou o caso. Essa é a sexta vez que Fábio é denunciado por violência doméstica, por mulheres diferentes.

Enquanto a namorada estava na delegacia, o sargento andava pelas ruas de Coxim, conduzindo sua camionete. Como a jovem denunciou que ele estava armado com um revólver de calibre 22 e uma faca, a Polícia Civil saiu imediatamente em busca do sargento.

Ele foi localizado na avenida General Mendes de Moraes, próximo a casa de seus pais. Fábio não atendeu ordem da Polícia Civil para revista e na presença dos policiais partiu em direção a jovem, com tom ameaçador. Em seguida, ele começou a desacatar a equipe. “Vocês são uns m*, fizeram um cursinho de seis meses e acham que são polícia”, disparou.

Os pais do sargento saíram para fora de casa e tentaram acalmar o filho. Sem sucesso. A Polícia Militar foi acionada para dar apoio, porém, Fábio continuou desacatando, partindo para ameaças, inclusive teria falado que estava gravando o rosto de todos e que os policiais não tinham peitos de aço.

Numa das tentativas de imobilização, ele deu um soco no rosto de um sargento da Polícia Militar. Entretanto, as equipes conseguiram imobilizar e algemaram Fábio, que foi colocado no compartimento de preso da viatura. Furioso, ele abriu a porta e conseguiu fugir, mesmo estando algemado. O sargento foi capturado poucos metros dali e encaminhado para a delegacia de Polícia Civil.

Lá, ele foi colocado na cela e chegou a danificar a porta com o pé, se machucando. Consta no boletim de ocorrência que durante todo o tempo ele ameaçava e xingava os policiais que trabalhavam na ocorrência.

Um oficial do Exército foi acionado e acompanhou todo o procedimento, inclusive presenciou parte das ameaças e dos danos causados ao patrimônio público. Um médico da instituição também foi chamado para avaliar o sargento antes de ser levado para o 47° BI.

Na residência de Fábio, os policiais encontraram uma pistola adaptada para calibre 22, munições 7.62 e no veículo um coldre de couro. Todo material foi apreendido e levado para a delegacia. Ele vai responder por ameaça, resistência, desobediência, desacato, posse ou porte ilegal de arma de fogo, dano qualificado contra o patrimônio público, injúria e vias de fatos, os dois últimos por violência doméstica. O sargento já tinha várias passagens, por quase todos esses crimes, com exceção do dano qualificado.

O 47 Batalhão de Infantaria informou, através do setor de Relações Públicas, que todas as medidas cabíveis serão tomadas pelo Exército. Neste caso, paralelamente à investigação da Polícia Civil, é aberto um procedimento administrativo, seguindo regulamento interno do Exército, que pode resultar em punição diversa, dependendo da gravidade do delito cometido.

Edição MS está tentando localizar a defesa do sargento, caso ele queira se manifestar através da mesma, basta entrar em contado com nossa equipe.

Ediçãoms

quarta-feira, 29 de setembro de 2021

Adsense

SUPERMERCADO BOM PREÇO

https://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO

http://picasion.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv